TRIPÉ DA GOVERNANÇA: PODER PÚBLICO, SETOR PRIVADO E A SOCIEDADE CIVIL EM BUSCA DE UMA GESTÃO INTEGRADA DOS RECURSOS HÍDRICOS

Anderson Dias Brito, Jéssica Costa Lopes, Maria Madalena Souza dos Anjos Neta

Resumo


Em razão dos grandes desafios para a sociedade futura, a preocupação com os recursos hídricos se tornou de grande relevância para a elaboração de novos modelos de gestão. A inquietação a respeito da degradação de tais recursos se fundamenta nas práticas que podem causar o desequilíbrio ecológico e impactar no desenvolvimento da sociedade. O presente estudo tem como objetivo analisar a relação entre o poder público, o setor privado e a comunidade civil para a gestão dos recursos hídricos. O trabalho discute a crise hídrica, os processos de gestão integrados, os problemas da atual governança e apresenta soluções a serem implementadas pelos principais stakeholders, a fim de minimizar os impactos ambientais e sociais futuros. Para tal, é necessário parcerias intersetoriais aliadas a práticas de preservação e compartilhamento efetivo dos mananciais, levando em consideração o viés econômico, sustentável e de inclusão.


Palavras-chave


Sustentabilidade. Desenvolvimento. Integração.

Texto completo:

PDF/A


DOI: http://dx.doi.org/10.19177/rgsa.v8e42019506-522

R. gest. sust. ambient., Florianópolis.Universidade do Sul de Santa Catarina, Santa Catarina, ISSN 2238-8753 Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.