PRÁTICAS DE SUSTENTABILIDADE AMBIENTAL EM PROPRIEDADES RURAIS

Luiz Henrique Natalli, Lorimar Francisco Munaretto, Débora Cristina Bianchini, Jairo Afonso Henkes

Resumo


A sustentabilidade é a forma como os seres humanos devem agir perante a natureza, a fim de preservar seus recursos para as gerações futuras. Na agricultura, deve-se aliar a preservação com a interação social, alcançando benefícios como um todo. Assim, o presente estudo teve como objetivo verificar as práticas de sustentabilidade ambientais realizadas em propriedades rurais. De maneira específica, o estudo visou caracterizar os aspectos socioeconômicos das propriedades e seus proprietários; verificar quais as práticas de sustentabilidade ambiental são realizadas nas propriedades; identificar o nível de importância das práticas de sustentabilidade, e apresentar os motivos que estimulam a realização das práticas. Os resultados do estudo mostraram que 55% das propriedades realizam as práticas de sustentabilidade, 41% não realizam e 4% não se aplicam. As práticas mais utilizadas foram adubação orgânica, melhoramento e sob semeadura de pastagens. Os principais motivos que estimulam a realização das práticas foram a redução de custos, atendimento a legislação e maior produtividade. Por meio do estudo, concluiu-se que é de extrema importância a realização de práticas sustentáveis nas propriedades, tornando-as adequadas a legislação, trazendo benefícios, aumentando seus lucros e viabilizando a atividade.


Palavras-chave


Propriedade rural. Práticas de sustentabilidade.

Texto completo:

PDF/A


DOI: http://dx.doi.org/10.19177/rgsa.v9e12020351-374

R. gest. sust. ambient., Florianópolis.Universidade do Sul de Santa Catarina, Santa Catarina, ISSN 2238-8753 Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.