IDENTIFICAÇÃO DE PRODUTOS SECUNDÁRIOS DA VINIFICAÇÃO: UM ESTUDO DE CASO

Pedro Vieira Souza Santos, Ângelo Antônio Macedo Leite

Resumo


A vitivinicultura é uma das mais antigas culturas do mundo. Atualmente apresenta tendência de crescimento e contínuo desenvolvimento devido ao alto índice de produção e consumo de vinho. Entretanto, apesar da forte representação econômica em diversos países inerente à atividade, esta apresenta-se como potencial poluidora, através de seus subprodutos gerados ao longo do processo industrial. Nesse contexto, o objetivo deste trabalho foi identificar os principais subprodutos gerados em uma vinícola na região do Vale do São Francisco obtidos através do processo de industrialização do vinho. Para tanto, utilizou-se da metodologia de estudo de caso. Pôde-se concluir que o aproveitamento do resíduo gerado no processamento de vinho pode contribuir para a diminuição dos prejuízos tanto econômicos como sociais e/ou ambientais, podendo gerar novos produtos e lucratividade num subproduto normalmente desperdiçado ou utilizado como adubo e ração animal.

Palavras-chave


Sustentabilidade. Indústria. Vitivinicultura.

Texto completo:

PDF/A


DOI: http://dx.doi.org/10.19177/rgsa.v9e12020650-666

R. gest. sust. ambient., Florianópolis.Universidade do Sul de Santa Catarina, Santa Catarina, ISSN 2238-8753 Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.