IMPLANTAÇÃO DE SISTEMA DE CONSERVAÇÃO E REUSO DE ÁGUA EM TERMINAL PORTUÁRIO DE SALVADOR

Adriana Correia Calmon Moura, Camila Chamusca Linhares, Caroline Gualberto Grillo, Clarissa Meira Viana, Fransival Pereira Costa

Resumo


O Terminal de Contêineres Salvador (TECON), dentre diversas atividades realizadas no empreendimento, a água é um insumo de grande importância haja vista o volume mensal médio demandado pela TECON, atingindo o valor de 1.627 m³, ou seja, 1.627.000 (um milhão e seiscentos e vinte sete mil) litros de água potável por mês. O projeto de conservação e reuso de água do Tecon Salvador contou com a instalação de hidrômetros individualizados por edificação e pontos de consumo, implantação de sistema de monitoramento remoto, controle de demanda pelo gerenciamento das pressões no sistema hidráulico, captação e tratamento de água de chuva com reaproveitamento em fins potáveis, tratamento de águas cinza para reuso em descargas e tratamento de efluente oleoso para reuso em lavagens de máquinas, pisos, veículos, peças e etc. A justificativa para o projeto foi o alto custo com consumo de água, uma possível escassez e uma melhor utilização do recurso de forma sustentável. Como objetivos, reduzir a extração de água nos mananciais devido ao aproveitamento de uma fonte alternativa de água; reduzir a emissão de água pluvial na rede pública de drenagem através da reutilização da água de chuva; e reduzir a emissão de esgoto sanitário através da reutilização de água cinza. Com a implantação do projeto, houve uma redução de mais de 50% no consumo de água, onde o consumo mensal caiu para 688 m³, trazendo uma economia de 939 m³ por mês e 11.268 m³ no ano.

 


Palavras-chave


Reuso de água. Sustentabilidade. Terminal de Contêineres.

Texto completo:

PDF/A


DOI: http://dx.doi.org/10.19177/rgsa.v7e1201834-58

R. gest. sust. ambient., Florianópolis.Universidade do Sul de Santa Catarina, Santa Catarina, ISSN 2238-8753 Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.