O DESIGN DE INTERIORES COMO ESTRATÉGIA DE PROMOÇÃO DA SUSTENTABILIDADE

Talissa Bedran Linhares

Resumo


O objetivo do artigo foi analisar as práticas de Design de Interiores Sustentável, além de detectar possíveis limitações de sua aplicabilidade. Para que esse objetivo fosse alcançado, realizou-se um levantamento da literatura da área, além de buscar detectar exemplos práticos com enfoque sustentável em projetos de Design de Interiores. Práticas com enfoque sustentável englobam aspectos como a preocupação com a origem dos materiais; conforto luminotécnico (priorizando a iluminação natural) e térmico; racionalização e reutilização de água, dentre outros (ZMYSLOWSKI, 2009). Detectou-se que a falta de disponibilidade de tempo e a demanda por conhecimento, por parte dos designers de interiores, sobre práticas ambientalmente sustentáveis se torna um limitante para a disseminação de sua aplicabilidade. Isso porque, identifica-se a visão de que o Design de Interiores Sustentável requer sistemas e materiais complexos e de alto custo, desestimulando sua prática (KANG; GUERING, 2009). Observou-se que práticas cotidianas de Design de Interiores com enfoque em sustentabilidade exercem um papel significativo na qualidade de vida dos indivíduos e no meio ambiente. Assim, o designer de interiores, não só assume o papel de desenvolver projetos, mas evidencia-se sua função como educador. Dessa maneira, observa-se a necessidade de os designers de interiores introduzirem novos valores e ideias relacionadas a espaços e produtos sustentáveis, não somente aos seus clientes, mas à sociedade como um todo.


Palavras-chave


Sustentabilidade, Design de Interiores, Design Sustentável

Texto completo:

PDF/A


DOI: http://dx.doi.org/10.19177/rgsa.v8e12019994-1014

R. gest. sust. ambient., Florianópolis.Universidade do Sul de Santa Catarina, Santa Catarina, ISSN 2238-8753 Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.