PAPEL DAS UNIDADES DE CONSERVAÇÃO DE SANTA CATARINA, CASO PARQUE ESTADUAL DAS ARAUCÁRIAS, SC

Daiane Fabris, Geisa Percio do Prado, Manuela Gazzoni dos Passos

Resumo


As Unidades de Conservação exercem uma função ambiental de grande importância, quanto ao uso sustentável dos recursos, o que pode resultar em uma melhor qualidade de vida. Esta pesquisa teve como propósito identificar as diferenças entre o que a legislação determina e o que está ocorrendo em escala local no caso do Parque Estadual das Araucárias, um dos últimos remanescentes de Floresta Ombrófila Mista, localizado nos municípios de São Domingos e Galvão, Santa Catarina. A pesquisa foi realizada através de levantamento bibliográfico e documental e entrevistas semiestruturadas. Apesar da grande importância, o Parque foi inaugurado apenas em 2016, doze anos após a criação. Com isso, durante este período deixou-se de promover a educação ambiental, recreação, pesquisas científicas e turismo ecológico, funções estas de uma Unidade de Conservação. Já é possível perceber a realização de atividades no parque e espera-se que os objetivos iniciais da unidade de conservação sejam atingidos.

Palavras-chave


Áreas protegidas. Patrimônio natural. Biodiversidade.

Texto completo:

PDF/A


DOI: http://dx.doi.org/10.19177/rgsa.v8e22019648-661

R. gest. sust. ambient., Florianópolis.Universidade do Sul de Santa Catarina, Santa Catarina, ISSN 2238-8753 Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.