O TRATAMENTO DE EFLUENTES LÍQUIDOS ATRAVÉS DE SISTEMAS UTILIZANDO AGENTES DE FITORREMEDIAÇÃO: UMA REVISÃO SISTEMÁTICA

Alex Eduardo Lopes, Neimar de Freitas Duarte

Resumo


Esse artigo tem o objetivo de realizar uma breve revisão sistemática sobre a fitorremediação aplicada no tratamento de efluentes líquidos e resíduos de efluentes, através da análise e discussão de onze pesquisas acadêmicas que abordam o assunto. A escolha da literatura apoiou-se na aplicação de quatro filtros de busca, no qual cada filtro apresentava níveis de especificidade diferentes. A eficiência de tratamento dos sistemas experimentais foi considerada pelos autores variando de médio a bom para a maioria dos parâmetros analisados. Recomenda-se que novos estudos sejam conduzidos para a comparação dos resultados com os apresentados por esses autores, a fim de endossar ou contestar o método de tratamento propostos por eles, além de abrir caminhos para a descoberta de novos benefícios proporcionados por essas espécies vegetais e que não foram contemplados nesses trabalhos.

Palavras-chave


Recursos hídricos; Tecnologia alternativa; Efluentes sanitários.

Texto completo:

PDF/A


DOI: http://dx.doi.org/10.19177/rgsa.v6e12017432-441

R. gest. sust. ambient., Florianópolis.Universidade do Sul de Santa Catarina, Santa Catarina, ISSN 2238-8753 Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.