OS PRIMEIROS RUDIMENTOS DE ARITMÉTICA QUE DEVE SABER O MENINO CRISTÃO: ANÁLISE DE UM TRATADO PEDAGÓGICO PUBLICADO NA BAHIA NO ANO DE 1813

Giana Lange Amaral, Fernando Cezar Ripe

Resumo


Este texto tem por objetivo analisar, sob a perspectiva da História da Educação Matemática, as instruções aritméticas presentes na obra Escola Nova, Christã, e Politica, Na qual se ensinão os primeiros rudimentos, que deve saber o Menino Christão, e se lhes dão regras para com facilidade, e em pouco tempo aprender a ler, escrever e contar. Publicado inicialmente em Portugal no ano de 1756, o texto de autoria de Francisco Luiz Ameno (1713-1793) foi registrado sob o pseudônimo de D. Leonor Thomasia de Sousa e Silva. Este manual foi uma das primeiras obras educacionais impressas na América portuguesa. Impresso na Bahia em 1813, o tratado trazia inúmeras prescrições inter-relacionadas aos preceitos cristãos, consideradas necessárias ao completo domínio das letras, dos números e da língua portuguesa. Nesse sentido, esta investigação centra-se em identificar como o autor privilegiou determinados conhecimentos matemáticos, destacando as instruções metodológicas utilizadas na construção do número.


Palavras-chave


História da Educação Matemática; Aritmética; Construção do Número.

Texto completo:

PDF/A


DOI: http://dx.doi.org/10.19177/prppge.v11e202017249-267

Poiésis. Universidade do Sul de Santa Catarina, Santa Catarina, ISSN-e 2179-2534

Licença Creative Commons

Poiésis is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas 3.0 Unported License.

Apoio:

 FAPESC

 

ANPED