EDUCAÇÃO ESCOLAR QUILOMBOLA: CURRÍCULO E CULTURA AFIRMANDO NEGRAS IDENTIDADES

Maria Anória de Jesus Oliveira, Rosemary Martin

Resumo


O presente texto aborda a educação escolar destinada às comunidades descendentes de quilombos (a educação escolar quilombola), tendo em vista o papel das escolas frente ao processo de ressignificação cultural vivenciada por tais comunidades.  Objetiva-se, portanto, evidenciar a necessidade de implantação de um currículo voltado para a construção e/ou afirmação identitária das mesmas, considerando-se as contradições entre a construção identitária étnico-racial brasileira e a experiência histórica de negação dos diferentes modos de vida. Para a realização desse estudo efetivamos a pesquisa bibliográfica e nos norteamos em fundamentações oriundas do campo da crítica cultural e áreas afins. Esperamos, por meio da reflexão a ser realizada, destacar o papel social das referidas comunidades, evidenciando a necessidade e urgência de as instituições escolares transcenderem a visão meramente eurocêntrica, de modo a incluir e valorizar as diferenças socioculturais aqui existentes.

Palavras-chave


Educação quilombola; Currículo; Cultura; Identidade.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.19177/prppge.v8e132014189-202

Poiésis. Universidade do Sul de Santa Catarina, Santa Catarina, ISSN-e 2179-2534

Licença Creative Commons

Poiésis is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas 3.0 Unported License.

Apoio:

 FAPESC

 

ANPED