A materialização de políticas de equidade e coesão social nas universidades francesas: estudo de caso da Universidade Lyon2

Maria Núbia Medeiros de Araújo Frutuoso, Jean-Claude Régnier

Resumo


Considerando os marcos estruturais das políticas mundiais para o Ensino Superior na Europa e o processo de reformas nas suas universidades, este artigo tem como objetivo trazer uma reflexão sobre as políticas de inclusão materializadas nas universidades francesas nas últimas décadas e os seus processos de modernização. Para proceder a esta análise, nos inspiramos em discussões macroestruturais sobre os processos de reformas educativas, os quais são impulsionados pela globalização e pelo processo de regulação institucional. O foco de análise está situado nas políticas de inclusão materializadas na Universidade Lyon 2, França, para estabelecer um diálogo com as discussões gerais sobre as políticas de educação no espaço europeu.

Palavras-chave


Políticas Educativas; Globalização; Reforma Universitária

Texto completo:

PDF/A


DOI: http://dx.doi.org/10.19177/prppge.v5e0201215-27

Poiésis. Universidade do Sul de Santa Catarina, Santa Catarina, ISSN-e 2179-2534

Licença Creative Commons

Poiésis is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas 3.0 Unported License.

Apoio:

 FAPESC

 

ANPED