Da relação pensamento e linguagem ao estudo interdisciplinar da mente

Onici Claro Flôres, Rosângela Gabriel

Resumo


Neste ensaio, retoma-se a discussão sobre a relação pensamento e linguagem, ampliando-se o escopo da abordagem, e substitui-se o termo pensamento por cognição; acrescentam-se ao debate o contexto cultural, como fator essencial, e não apenas como pano de fundo, e os estudos do cérebro, como sustentação de algumas hipóteses teóricas atualmente veiculadas. Ademais, são introduzidos os conceitos de metalinguagem e de atividade metalinguística, relacionando-os a pesquisas sobre afasia. Argumenta-se sobre a importância da cultura e da vida em sociedade para a cognição, além de se dar destaque aos estudos do cérebro, historicamente rechaçados por motivos religiosos ou éticos. Em pauta estão as bases biológicas e, possivelmente, também culturais de uma possível diferença no estado inicial do processo de construção do conhecimento, cuja discussão continua, na atualidade, enfocando cognição/linguagem/contexto cultural/cérebro (corpo) como uma relação essencial às pesquisas na área das Ciências Cognitivas.    

Palavras-chave


Cognição; Linguagem; Metalinguagem; Atividade metalinguística; Afasia

Texto completo:

PDF


Ling. disc. Universidade do Sul de Santa Catarina, Santa Catarina, ISSN 1982-4017

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.