Regulamentação linguística em e-mails institucionais: conflito entre professores universitários no ambiente institucional virtual

Wagner Rodrigues Silva

Resumo


Investigo reflexões metalinguísticas realizadas por docentes, ao focalizarem noções de ordem ou de regulamentação linguística, no ambiente de interação virtual, mediado por um programa de e-mail institucional, numa universidade pública. Numa abordagem sociopragmática, o ambiente virtual é caracterizado como um tecido de vozes sociais, as quais sinalizam para o posicionamento dos interactantes no espaço institucional em que estão inseridos. Os dados mostram servidores públicos se apropriando de um artefato tecnológico para interagir num novo espaço: o ambiente profissional virtual. A troca de mensagens eletrônicas parece influenciada por outras interações mediadas por artefatos digitais característicos de ambientes virtuais não profissionais. Nesse novo ambiente, tais interações parecem substituir os relacionamentos profissionais sólidos, característicos das interações presenciais, minimizando o receio do enfoque de assuntos polêmicos para interlocuções convencionais, como o questionamento da competência profissional dos pares, orientado pela cobrança das convenções linguísticas da escrita formal, em mensagens eletrônicas trocadas no ambiente virtual institucional. 

Palavras-chave


Linguística Aplicada; Escrita; Gênero; Letramento digital

Texto completo:

PDF


Ling. disc. Universidade do Sul de Santa Catarina, Santa Catarina, ISSN 1982-4017

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.