Formação docente no trabalho com gêneros textuais na graduação em Letras: construindo a relação entre a aprendizagem e o ensino em aulas de línguas

Solange Teresinha Ricardo de Castro

Resumo


Este artigo discute o processo de (re)constituição das representações sobre ensinar e aprender línguas, como práticas sócio-histórico-culturais, de futuros professores, em uma aula de Inglês de um curso de graduação em Letras, como visto nos relatos reflexivos por eles escritos. Fundamenta-se teoricamente na perspectiva sócio-histórico-cultural, e tem na Linguística Sistêmico Funcional seu instrumento de análise. Os resultados revelam o processo de (re)constituição das representações e valorações dos futuros professores sobre ensinar e aprender línguas, a partir da análise de sua própria aprendizagem à luz das situações de sala de aula vivenciadas, como um processo mediado continuadamente por suas avaliações dessas situações, de seus participantes, e de si próprios. O trabalho oferece contribuições para a compreensão de pesquisadores e formadores sobre o processo de formação docente em aulas de línguas.

Palavras-chave


Formação docente; Ensinar e aprender línguas; Relatos reflexivos

Texto completo:

PDF


Ling. disc. Universidade do Sul de Santa Catarina, Santa Catarina, ISSN 1982-4017

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.