LINGUAGEM E EDUCAÇÃO: REFLEXÕES ACERCA DAS NOVAS TECNOLOGIAS DA COMUNICAÇÃO

Adair Adams, Antonio Escandiel de Souza

Resumo


O presente ensaio discute desafios da educação na atualidade marcada pelas novas tecnologias da comunicação e informação (TIC), propondo um caminho de pensamento que não se entrega nem a uma fundamentação e/ou justificação da educação nessas tecnologias e nem a uma proposta que pensa a educação como um meio de qualificação de competências para a organização mercadológica do mundo. Argumenta-se que o centro da educação é um processo de humanização, aqui pensado sob o ponto de vista do paradigma da linguagem hermenêutica, em que é preciso colocar em questão o ser humano, sempre no presente, para que se possa pensar as necessidades e possibilidades da educação, também sempre no presente. Colocar o ser humano em questão é não tomá-lo como dado constituído tecnologicamente, perspectiva difundida na atualidade de que há um novo ser humano, que já é pós-humano e/ou ciborg.

Palavras-chave


Paradigma da linguagem hermenêutica; Perspectiva dialógico-hermenêutica; Tecnologias da Comunicação e Informação.

Texto completo:

PDF


Ling. disc. Universidade do Sul de Santa Catarina, Santa Catarina, ISSN 1982-4017

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.