Considerações sobre o conceito de “internetês” nos estudos da linguagem

Fabiana Komesu, Luciani Tenani

Resumo


Nosso objetivo neste ensaio é discutir o conceito do chamado “internetês”, popularmente conhecido como o português escrito (digitado) na internet. Da perspectiva dos estudos da linguagem, em particular, de teorias provenientes dos estudos do discurso, procuramos explicitar perguntas e apresentar hipóteses acerca desse fenômeno em emergência, comumente tomado como escrita “fonetizada” ou como “interferência da fala na escrita”. De nosso ponto de vista, analisar o internetês permite observar uma possibilidade da língua e do discurso, considerando-se a heterogeneidade como traço constitutivo da linguagem e das atividades verbais humanas. Com base, pois, em um conjunto de dados composto de enunciados escritos, os quais seriam característicos do internetês, buscamos mostrar a relevância das definições de escrita, de língua e de linguagem para sua conceituação, levando-se em conta a relação radical entre linguagem e vida social.

Palavras-chave


Aquisição da escrita; Letramento; Oralidade; Discurso; internet

Texto completo:

PDF


Ling. disc. Universidade do Sul de Santa Catarina, Santa Catarina, ISSN 1982-4017

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.