CONVERGÊNCIAS ENTRE SEMÂNTICA DE FRAMES E LEXICOGRAFIA

Rove Chishman

Resumo


O presente ensaio objetiva refletir sobre as convergências entre Semântica de Frames (FILLMORE, 1982, 1985) e Lexicografia. Para tanto, preveem-se dois vieses distintos, mas complementares para abordar o tema. Um deles diz respeito à interface da Semântica de Frames com a Lexicografia Computacional. Essa primeira perspectiva remete obrigatoriamente a tratar da Semântica de Frames e de sua contraparte computacional, a base de dados FrameNet, assim como a considerar o efervescente contexto em que se situa o projeto de Fillmore. O outro viés, através do qual se abordará a interface, leva em conta a aproximação não apenas da Semântica de Frames, mas da Semântica Cognitiva em termos mais amplos, com a Lexicografia tradicional. Dar-se-á destaque à noção de frame semântico nesse novo cenário de investigação.

Palavras-chave


Semântica de frames. Léxico computacional. Lexicografia.

Texto completo:

PDF/A


Ling. disc. Universidade do Sul de Santa Catarina, Santa Catarina, ISSN 1982-4017

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.