“Você está pronto para testar-se?” uma abordagem semiolinguística do gênero teste em correio feminino de Clarice Lispector

Leonardo Coelho Corrêa-Rosado, Mônica Santos de Souza Melo

Resumo


O objetivo deste trabalho é configurar, a partir dos pressupostos teórico-metodológicos da AD Semiolinguística, o gênero Teste no âmbito da coletânea de textos jornalísticos de Clarice Lispector, Correio Feminino. Essa configuração observa o gênero a partir de suas restrições nos níveis situacional, discursivo e formal. Os resultados mostram que o gênero teste, no corpus em estudo, é um texto midiático que tem por finalidade propor alguns questionamentos ao interlocutor sobre aspectos ligados à sua personalidade e ao seu comportamento, através de uma série de perguntas, selecionando as visadas de informação, incitação e instrução. O gênero, em seu nível discursivo e formal, se caracteriza pela presença dos modos de organização descritivo e enunciativo, bem como por algumas construções gramaticais impessoais.

Palavras-chave


Gêneros situacionais; Semiolinguística; Clarice Lispector; Teste

Texto completo:

PDF


Ling. disc. Universidade do Sul de Santa Catarina, Santa Catarina, ISSN 1982-4017

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.