Os estudos de letramento e a formação do professor de língua materna

Angela B. Kleiman

Resumo


Este trabalho tem por objetivo discutir algumas contribuições dos Estudos do Letramento — o estudo das práticas relacionadas com a escrita em toda atividade da vida social — para a reflexão sobre a formação do professor de língua materna. Primeiramente, discutiremos aspectos éticos dessa abordagem, relacionados ao método qualitativo da pesquisa, que resguardam o pesquisador do perigo, sempre constante, de seus resultados de pesquisa serem utilizados para a reprodução de críticas e estereótipos sobre o docente. Em seguida, analisaremos, em documentos que prescrevem, avaliam ou informam as ações do professor, as exigências em relação aos saberes específicos dos alfabetizadores e professores de língua materna. Finalmente, com base na análise crítica dessas exigências, exploraremos uma alternativa de formação baseada na participação na prática social.

Palavras-chave


Letramento; Formação do professor; Língua materna; Prática social

Texto completo:

PDF


Ling. disc. Universidade do Sul de Santa Catarina, Santa Catarina, ISSN 1982-4017

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.