O texto como sistema aberto e a configuração prototípica de artigos de opinião autorais

Maria Eduarda Giering

Resumo


Discutem-se resultados de uma pesquisa que investigou a distribuição probabilística das relações retóricas de 150 artigos de opinião autorais retirados de jornais brasileiros, observando a ocorrência de vias de continuidade e de relações que se estabelecem entre níveis de informação. Adotou-se a proposta de E. Bernárdez, que vincula o modelo RST (Rhetorical Structure Theory) à idéia de que a organização textual pode ser entendida como uma série de vias de continuidade, etiquetadas com as relações da RST. Verificou-se que a distribuição de vias e de relações segue critérios probabilísticos; os artigos de opinião têm configuração prototípica, em termos de sua organização retórica macroestrutural, em vista da maior probabilidade de ocorrerem determinadas vias e relações e de nenhuma probabilidade de determinadas relações acontecerem; as escolhas estratégicas do produtor podem ser consideradas como ações para assegurar o fim comunicativo do artigo de opinião no contexto prototípico do jornal.

Palavras-chave


Texto; Sistema; Retórica; Distribuição probabilística; Prototipicidade

Texto completo:

PDF


Ling. disc. Universidade do Sul de Santa Catarina, Santa Catarina, ISSN 1982-4017

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.