Práticas discursivas em conclusões de teses de doutorado

Antonia Dilamar Araújo

Resumo


O presente artigo tem por objetivo refletir sobre o papel das práticas discursivas na redação de teses de doutorado nas línguas inglesa e portuguesa, considerando-se aqui apenas o capítulo de conclusão. A pesquisa, que se caracteriza como uma investigação descritiva e comparativa, analisou dez capítulos de conclusão de teses de doutorado na área de análise do discurso e lingüística de texto. Duas práticas discursivas foram examinadas: a estrutura retórica do capítulo, segundo o modelo de Swales (1990), e a forma como os escritores se projetam em seus textos. Os resultados apontaram quatro unidades retóricas na redação dos capítulos conclusivos e uma sensível diferença nas duas culturas quanto ao papel que o escritor escolhe para se projetar no capítulo final das teses.

Palavras-chave


Gênero acadêmico; Tese de doutorado; Prática discursiva

Texto completo:

PDF


Ling. disc. Universidade do Sul de Santa Catarina, Santa Catarina, ISSN 1982-4017

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.