Práticas discursivas e ensino do texto acadêmico: concepções de alunos de mestrado sobre a escrita

Débora de Carvalho Figueiredo, Adair Bonini

Resumo


Este artigo investiga as concepções sobre o ensino-aprendizagem da escrita acadêmica, a partir das respostas a um questionário sobre esse tema respondido por um grupo de alunos de mestrado, após terem participado de uma oficina de produção textual acadêmica escrita. A análise baseou-se no trabalho de Ivanič (2004) a respeito dos discursos sobre o ensino da produção escrita na escola. Através da análise dos questionários, pudemos constatar, na fala dos alunos, traços da pedagogia de letramento em gêneros e de uma visão social do discurso. Os resultados indicam uma contribuição da experiência de ensino no sentido de familiarizar os mestrandos com a noção de escrita como prática social inserida dentro de uma comunidade discursiva, mas também que eles ainda estão no estágio de membros periféricos nessa comunidade.

Palavras-chave


Discurso; Gênero textual; Produção textual; Ensino; Discursos sobre a escrita

Texto completo:

PDF


Ling. disc. Universidade do Sul de Santa Catarina, Santa Catarina, ISSN 1982-4017

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.