Avaliação e argumentação: uma análise da produção textual no Ensino Médio

Adriana Rodrigues de Abreu, Adriana Nogueira Accioly Nóbrega

Resumo


O objetivo desta pesquisa é discutir a prática argumentativa em dois textos de alunos do Ensino Médio, a partir da investigação de recursos atitudinais que podem criar o posicionamento autoral (HYLAND, 2012) dos escritores. Para tanto, tomamos por base a Linguística Sistêmico-Funcional (HALLIDAY; HASAN, 1989; HALLIDAY, 1994; HALLIDAY; MATTHIESSEN, 2004), especialmente o Sistema de Avaliatividade (MARTIN; WHITE, 2005), em interface com uma perspectiva social de argumentação (BRETON, 2003), para a análise qualitativa de duas redações do tipo dissertativo-argumentativo. Resultados sugerem que há um grande número de escolhas atitudinais nos textos investigados, quando o escritor, ao valorar e opinar sobre o comportamento humano, elabora seu posicionamento autoral por meio de avaliações de estima e sanção social.

Palavras-chave


Linguística Sistêmico-Funcional; Sistema de Avaliatividade; Produção textual; Argumentação. Posicionamento autoral

Texto completo:

PDF/A


Ling. disc. Universidade do Sul de Santa Catarina, Santa Catarina, ISSN 1982-4017

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.