Uma revisão dos estudos sobre a fala dirigida à criança e suas implicações para a aquisição inicial do vocabulário

Poliana Gonçalves Barbosa, Cláudia Cardoso-Martins

Resumo


Pesquisadores motivados pelo argumento de Chomsky sobre a pobreza do input linguístico têm investigado as características da fala dirigida à criança (FDC) e seu impacto no desenvolvimento da linguagem infantil. Nesta retrospectiva, revemos estudos que investigaram a relação entre a FDC e o desenvolvimento inicial do vocabulário pela criança. Os resultados sugerem que variações no estilo, no comprimento médio dos enunciados e na frequência e variedade de palavras na FDC têm um impacto na aquisição inicial do vocabulário infantil. Contudo, esses resultados devem ser interpretados com cuidado. De modo geral, apenas estudos correlacionais investigaram a contribuição da FDC para o desenvolvimento do vocabulário. Além disso, a maioria deles foi conduzida com crianças falantes do inglês. Estudos experimentais e incluindo crianças falantes de outras línguas são claramente necessários para investigar essa questão.

Palavras-chave


Aquisição da linguagem; Fala dirigida à criança; Vocabulário

Texto completo:

PDF/A


Ling. disc. Universidade do Sul de Santa Catarina, Santa Catarina, ISSN 1982-4017

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.