Abordagem neurolinguística do texto narrativo: um enfoque teórico

Gislaine Machado Jerônimo, Lilian Cristine Hübner

Resumo


O texto narrativo permeia a experiência humana, pois se trata de um texto de uso frequente. No entanto, compreender esse tipo de texto não é uma tarefa simples, uma vez que a compreensão perpassa diferentes níveis, como propõe o Modelo de Processamento Textual, de Kintsch; Van Dijk (1978, 1983), Van Dijk (1992, 2010), Kintsch (1998), Kintsch; Rawson (2013). Sob o prisma da Neurolinguística, trazemos os seguintes questionamentos: como se dá a compreensão do texto narrativo e como os hemisférios cerebrais processam esse tipo de texto? O que estudos experimentais com neuroimagem nos dizem a esse respeito? Quais áreas cerebrais estão imbricadas no processamento da narrativa? A fim de discutir essas questões com base na literatura e oferecer aporte teórico a pesquisas na área, trazemos contribuições da Linguística e da Neurociência sobre a forma como os hemisférios cerebrais cooperam para a representação do texto narrativo.

Palavras-chave


Texto narrativo; Níveis de processamento; Compreensão textual; Neurolinguística

Texto completo:

PDF/A


Ling. disc. Universidade do Sul de Santa Catarina, Santa Catarina, ISSN 1982-4017

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.