Retórica, argumentação e discurso em retrospectiva

Maysa de Pádua Teixeira Paulinelli

Resumo


Neste trabalho, propomos a elaboração de uma retrospectiva dos estudos da argumentação de procedência retórica, com vistas à reconstrução crítica dos percursos trilhados desde o mundo clássico, até as pesquisas mais contemporâneas no âmbito da Análise do Discurso. Discorremos inicialmente sobre a retórica clássica e, sem seguida, apresentamos os postulados da Nova Retórica, de Chaïm Perelman, e da argumentação no discurso, de Ruth Amossy. Após identificar e correlacionar os principais aspectos de cada corpo teórico, concluímos que a Nova Retórica é um modelo filosófico cujas categorias apresentam dificuldades práticas de operacionalização, devido a seu alto grau de abstração. Dessa forma, ao articular os postulados filosóficos de Perelman e as contribuições da Análise do Discurso, Amossy promove um notável avanço no campo dos estudos da argumentação, fornecendo ao pesquisador um referencial teórico-metodológico que permite a realização de uma ampla análise linguístico-discursiva de diversos corpora de natureza persuasiva.

Palavras-chave


Retórica; Persuasão; Argumentação; Discurso

Texto completo:

PDF/A


Ling. disc. Universidade do Sul de Santa Catarina, Santa Catarina, ISSN 1982-4017

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.