A representação da pobreza pela mídia on-line

Valeria Iensen Bortoluzzi, Glivia Guimarães Nunes

Resumo


O tema deste estudo é a representação linguístico-discursiva da pobreza pela mídia on-line. O trabalho tem o apoio teórico-metodológico da Análise Crítica do Discurso (FAIRCLOUGH, 2001) e o aporte teórico do sistema de transitividade da Gramática Sistêmico-Funcional (HALLIDAY; MATTHIESSEN, 2004). O corpus foi constituído de dez notícias publicadas entre os meses de maio e novembro de 2011, em edições on-line de renomados jornais brasileiros: Zero Hora, Correio do Povo, O Globo, O Estado de S.Paulo e Folha de S.Paulo. Selecionamos duas notícias de cada jornal e realizamos uma análise qualitativa, de cunho interpretativista. Inicialmente, identificamos como cada um dos periódicos representa a pobreza para, em seguida, observar que representação a mídia on-line tem acerca da pobreza. Verificamos a existência de três representações para a pobreza: como um objeto à mercê das ações humanas, como uma entidade que age sobre os indivíduos e como uma situação enfrentada por muitas pessoas.

Palavras-chave


Texto; Discurso; Mídia on-line; Representação; Pobreza

Texto completo:

PDF/A


Ling. disc. Universidade do Sul de Santa Catarina, Santa Catarina, ISSN 1982-4017

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.