Narrando em colaboração: as construções discursivas de uma pessoa com afasia

Lívia Miranda de Oliveira, Liliana Cabral Bastos

Resumo


Inserindo-se no quadro teórico-metodológico da Análise de Narrativa (RIESSMAN, 1993; 2008; BASTOS, 2005, 2008), este estudo vale-se de estudos canônicos (LABOV; WALETZKY, 1967; LABOV, 1972) e interacionais (NORRICK, 2000; GOODWIN, 1986) para investigar a construção colaborativa da narrativa e as construções discursivas de uma pessoa com afasia. Elegendo a proposta das dimensões da narrativa de Ochs e Capps (2001) como categoria analítica, pudemos observar um alto envolvimento das conarradoras na construção da narrativa, sobretudo em seu encaixe na atividade discursiva, bem como a emergência da linearidade também como um empreendimento que conta com a cooperação das conarradoras. Além disso, destacaram-se as habilidosas escolhas retóricas da narradora (de recursos avaliativos) na construção da alta historiabilidade de sua narrativa, e seu alinhamento a uma postura moral positiva, determinada e constante.

Palavras-chave


Narrativa; Interação; Afasia

Texto completo:

PDF/A


Ling. disc. Universidade do Sul de Santa Catarina, Santa Catarina, ISSN 1982-4017

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.