Considerações sobre a linguagem como ciência em suas relações com o jornalismo

Darlete Cardoso

Resumo


Resumo: O jornalismo tem, por essência, íntima relação com as ciências da linguagem, porque é por meio dela que escreve e descreve o mun-do, transmitindo informação e cultura, ainda que se questione o seu conteúdo. Com o presente artigo, pretende-se, simplesmente, con-siderar sobre essa relação, passando, antes, pela análise da lingua-gem como ciência; pelo valor informativo da palavra, com suas instabilidades, sublimações e implicações na expressão do pensa-mento social; e pela fixação do saber escrito, que teve, na invenção da imprensa de Gutenberg, o seu desenvolvimento como cultura de massa e a possibilidade de uma transformação social mais ampla.

Abstract: The journalism has, as essence, inner relationship with the langua-ge sciences, because by language it describes the world, transmi-tting information and culture, despite it discusses the contends the-mselves. With this article I simply intend to consider this relati-onship, first spending by analysis of the language as a science; by the informative force of the words, including their instabilities, su-blimations and implications in the social thoughts; and, by standar-tization of the writing knowledge wich has in the Gutenberg's press invention its development as a mass culture and its possibility as a wider social transformation. 

Palavras-chave


Linguagem; Pensamento; Ciência; Palavra; Jornalismo

Texto completo:

PDF


Ling. disc. Universidade do Sul de Santa Catarina, Santa Catarina, ISSN 1982-4017

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.