Letramento e construção de identidade na terceira idade: um estudo de caso

Vidomar Silva Filho, Rosângela Hammes Rodrigues

Resumo


Este artigo apresenta estudo de caso sobre o letramento, na esfera literária, de D., uma mulher idosa, com quatro anos de escolaridade formal. A partir da análise do histórico de letramento de D., investiga-se a relação entre letramento e construção de identidade. Para fundamentar teoricamente o estudo, estabelecem-se distinções entre os modelos de letramento autônomo e ideológico. Apresentam-se os conceitos de prática, evento, agente e agência de letramento. Também se revisa o conceito de identidade. No estudo de caso, apresenta-se o histórico de letramento de D., buscando-se resgatar os usos da modalidade escrita por ela e sua família, desde a infância de D. até os dias atuais. Observa-se uma estreita relação entre o letramento de D. na esfera da literatura e a constituição paulatina de uma identidade de escritora, a qual lhe faculta expressar seu estar-no-mundo, recuperar e reconstruir suas memórias de infância e inserir-se em novos grupos sociais.

Palavras-chave


Letramento; Histórico de letramento; Agente de letramento; Agência de letramento; Construção de identidade

Texto completo:

PDF/A


Ling. disc. Universidade do Sul de Santa Catarina, Santa Catarina, ISSN 1982-4017

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.