Inovação aberta e inovação distribuída, modelos diferentes de inovação?

Anny Margaly Maciel Trentini, Ilka Midori Toyomoto Furtado, Dario Eduardo Amaral Dergint, Dalcio Roberto dos Reis, Helio Gomes de Carvalho

Resumo


A inovação se configura como um processo irreversível incluindo diversas etapas e aspectos financeiros, culturais e organizacionais. Diversos modelos de inovação têm sido relatados na literatura, entre eles o modelo de inovação aberta (Open Innovation) e o de inovação distribuída (Distributed Innovation). O presente artigo procura apresentar conceitos, características e exemplos desses dois modelos de inovação e propõe uma análise desses conceitos para verificar se há ou não justificativa para a diferenciação da nomenclatura apresentada. Como resultado, apresenta-se um quadro comparativo entre as características de cada modelo de inovação discutido. Observa-se que os modelos de inovações aberta e distribuída são alternativas de abordagem para a inovação, e que independente do julgamento conceitual, ambos os modelos estão sendo utilizados com sucesso. 


Palavras-chave


Inovação aberta; inovação distribuída

Texto completo:

PDF/A


DOI: http://dx.doi.org/10.19177/reen.v5e1201288-109

##plugins.generic.alm.title##

##plugins.generic.alm.loading##

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


R. eletr. estrat. neg.Universidade do Sul de Santa Catarina, Santa Catarina, ISSN 1984-3372

Licença Creative Commons


REEN is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Unported .