As estratégias das indústrias de farinha de trigo e de massas alimentícias do Rio Grande do Sul

Pascoal José Marion Filho, Vitor Francisco Dalla Corte

Resumo


A pesquisa identifica as estratégias praticadas nas indústrias de farinha de trigo e de massas alimentícias do Rio Grande do Sul no ano de 2007. É uma pesquisa exploratória baseada nas estratégias competitivas de Porter (1980) e de Mintzberg (1988), que utiliza na análise dados de questionários respondidos pelas empresas. Os resultados da pesquisa mostram que entre as estratégias de Porter, destacam-se a de custos mais baixos, na indústria de farinha de trigo, e a diferenciação, na indústria de massas. Entre as tipologias de Mintzberg, a qualidade do produto é considerada pelos gestores como sendo o grande diferencial competitivo nas duas indústrias.

Palavras-chave


Estratégias; farinha de trigo; massas alimentícias

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.19177/reen.v3e220101-18

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


R. eletr. estrat. neg.Universidade do Sul de Santa Catarina, Santa Catarina, ISSN 1984-3372

Licença Creative Commons


REEN is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Unported .