O BALANCED SCORECARD EM ORGANIZAÇÕES SEM FINS ECONÔMICOS: UM ESTUDO DE CASO

Marcelo Medeiros da Rosa, Sérgio Murilo Petri, Patrícia Bianco, Ibsem Agrello Dias

Resumo


Este artigo objetiva evidenciar a aplicabilidade do Balanced Scorecard (BSC) em organizações sem fins econômicos por meio da apresentação de uma pesquisa desenvolvida em uma fundação educacional. Metodologicamente, este artigo é classificado como descritivo e exploratório, com abordagem qualitativa, sob a forma de um estudo de caso. Como resultado, percebe-se que o BSC pode ser utilizado como uma ferramenta de gestão para entidades sem fins econômicos, uma vez que as interações causa-efeito demonstradas por meio dos painéis e do mapa estratégico da organização estudada contribuíram para a tradução da estratégia em metas mensuráveis e a ligação lógica entre os objetivos, os indicadores de desempenho e os resultados esperados, facilitando a compreensão, o controle e a execução das metas traçadas.


Palavras-chave


Balanced Scorecard; Avaliação de Desempenho; Gestão; Mapa Estratégico; Painel Estratégico.

Texto completo:

PDF/A

Referências


ANDRADE, M. M. Introdução à metodologia do trabalho científico. São Paulo: Atlas, 2002.

ATKINSON, A. A; EPSTEIN, M. J. Measure for Measure – Realizing the Power of The Balanced Scorecard. CMA Management, 23 – 28, Canada. Set., 2000.

BARDIN, L. Análise de Conteúdo. Lisboa: Edições 70, 1977.

BIAZZO, S.; GARENGO, P. Performance measurement with the balanced scorecard: a practical approach to implementation within SMEs. Berlin: Springer, 2012.

BRYANT, L.; JONES, D. A.; WIDENER, S. K.. Managing value creation within the firm: An examination of multiple performance measures. Journal of Management Accounting Research, 16, 107–133, 2004.

CASTRO, C. M. A prática da pesquisa. São Paulo: McGraw-Hill, 1977.

CHAN, Yee-Ching Lilian. Performance measurement and adoption of balanced scorecards: A survey of municipal governments in the USA and Canadá. International Journal of Public Sector Management, v.17, n.3, p. 204 - 221, 2004.

COSTA, Ana Paula Paulino da. Balanced Scorecard: Conceitos e guia de implementação. 1ª ed. São Paulo: Atlas, 2006.

CRESWELL, J. W. Projeto de pesquisa: métodos qualitativo, quantitativo e misto. 3.ed. Porto Alegre: Artmed/Bookman, 2010.

DIAS, Ibsem Agrello; DE LIMA, Maurício Andrade; DA ROSA, Marcelo Medeiros. Um referencial teórico: o desempenho financeiro de empresas que utilizam o balanced scorecard. Revista Eletrônica de Estratégia & Negócios, v. 7, n. 3, p. 166-191, 2014.

EPSTEIN, M.J. The balanced scorecard and tableaux de board: translating strategy into action. Management Accounting, v. 79, n. 2, p. 28-37, 1997.

GIL, Antônio Carlos. Métodos e Técnicas de Pesquisa Social. 5. Ed. São Paulo: Atlas, 1999.

KAPLAN, R. S.; NORTON, D. P. The balanced scorecard: measures that drive performance. Harvard Business Review, v. 70, n. 1, p. 71-80, jan./feb. 1992.

KAPLAN, Robert S.; NORTON, David P. A Estratégia em Ação: Balanced Scorecard. 24ª Ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 1997.

KAPLAN, Robert S.; NORTON, David P. Mapas Estratégicos: Convertendo ativos intangíveis em resultados tangíveis. Rio de Janeiro: Elsevier, 2004.

KAPLAN, Robert S.; NORTON, David P. Organização Orientada para a Estratégia: Como as empresas que adotaram o Balanced Scorecard prosperam no novo ambiente de negócios. Rio de Janeiro: Elsevier, 2000.

LEBARCKY, F. V. ; FERNANDES, A. R. ; MENDES, A. C. A. ; SILVEIRA, T. S. . O Balanced Scorecard como ferramenta de avaliação de desempenho organizacional no Terceiro Setor. In: VII Congresso USP de Controladoria e Contabilidade, 2010, São Paulo. VII Congresso IC USP Controladoria e Contabilidade, 2010.

LIMA, Carlos Rogério Montenegro de; SOARES, Thiago Coelho; DE LIMA, Mauricio Andrade. Balanced Scorecard em Instituições de Ensino Superior: uma análise das perspectivas. Revista Eletrônica de Estratégia & Negócios, v. 4, n. 1, p. 183-205, 2011.

MACHADO, M. A. V.; FREITAS, M. M. M.; MACHADO, M. R.; FREITAS, W. O Balanced Scorecard em Entidades sem Fins Lucrativos: Um Estudo De Caso. Revista de Informação Contábil (UFPE), v. 7, p. 35-54, 2013.

MOREIRA, F. A. L; PESSOA, M. N. M; CABRAL, A. C. A; SANTOS, S. M; ROLDAN, V. P.S. Fatores Críticos na Implantação do Balanced Scorecard (BSC). Revista Estratégia & Negócios. Florianópolis, v. 5, n. 3, p. 57-89, set/dez 2012.

NIVEN, Paul R. Balanced Scorecard Passo-a-Passo: Elevando o Desempenho e Mantendo Resultados. Rio de Janeiro: Ed. Qualitymark, 2007.

PERSON, Ron. Balanced Scorecard & Painéis Estratégicos com o Microsoft® Excel®. Rio de Janeiro: Editora Alta Books, 2010.

PETRI, Sérgio Murilo. Modelo para apoiar a avaliação das abordagens de gestão de desempenho e sugerir aperfeiçoamentos: sob a ótica construtivista. Tese (doutorado) Engenharia da Produção. Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2005.

QUINTAIROS, P. ; COSTA, E.S. ; SILVA, M. A. V. R.; OLIVEIRA, E. A. A. Q. O. Aplicação do Balanced Scorecard a uma organização do Terceiro Setor. Revista de Desenvolvimento Econômico - RDE, v. 11, p. 75-81, 2009.

REZENDE, José Francisco. Balanced Scorecard e a gestão do Capital Intelectual: Alcançando a performance balanceada na economia do conhecimento. 6ª ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2003.

RICHARDSON, R.J. Pesquisa social: métodos e técnicas. 3. ed. São Paulo: Atlas, 1999.

SILVA NETO, J. M.; MELO, R. P.; PEREIRA, S. A. Resultados Notáveis na Administração Pública: Avaliação de Programas Utilizando Mapas Estratégicos e o Balanced Scorecard. In: Encontro Nacional da Associação Nacional dos Programas de Pós-Graduação e Pesquisa em Administração, 30; 2006, Salvador. Anais. Salvador: XXX ENANPAD, 2006.

TRIVIÑOS, Augusto N. S. Introdução à Pesquisa em Ciências Sociais. São Paulo: Atlas, 1992.

ZAGO, Sílvio Luís da Silva. Balanced Scorecard como ferramenta na gestão do orçamento público: caso prático DMAE – Porto Alegre. Dissertação de Mestrado Profissional em Economia: Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Porto Alegre, 2006.




DOI: http://dx.doi.org/10.19177/reen.v9e12016204-231

##plugins.generic.alm.title##

##plugins.generic.alm.loading##

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


R. eletr. estrat. neg.Universidade do Sul de Santa Catarina, Santa Catarina, ISSN 1984-3372

Licença Creative Commons


REEN is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Unported .