Tradução das obras incompletas de Sigmund Freud: entrevista com Pedro Heliodoro Tavares em torno dos desafios de traduzir Freud

Adriana Oliveira Limas Cardozo

Resumo


Entrevista com Pedro Heliodoro, Professor da Área de Alemão da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Foi professor da Área de Alemão - Língua, Literatura e Tradução da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP (2011-2018). Doutor em Psicanálise e Psicopatologia pela École Doctorale Recherches en Psychanalyse da Université Paris VII - Denis Diderot (Paris-França) (2005-2008), bem como Doutor em Literatura pela Universidade Federal de Santa Catarina (2003-2007). Realizou Pós-Doutorado junto à Pós-Graduação em Estudos da Tradução da UFSC (2010-2011) bem como no Zentrum für Lliteratur- und Kulturforschung de Berlim (2016-2017) investigando as traduções da obra de Sigmund Freud. Suas publicações envolvem a interface entre Letras e Psicanálise. Tem grande experência como psicanalista e como professor e coordenador de curso de Psicologia.


Palavras-chave


Tradução - psicanálise -linguagem

Texto completo:

PDF/A


DOI: http://dx.doi.org/10.19177/rcc.v14e1201981-85

R. crít. cult., Universidade do Sul de Santa Catarina, Santa Catarina, ISSN 1980-6493

Licença Creative Commons
Revista Crítica Cultural de http://www.portaldeperiodicos.unisul.br/index.php/Critica_Cultural/index está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.