Entre(linhas) e pontos do teatro de Machado de Assis: o seu tempo no nosso tempo

Jussara Bittencourt de Sá

Resumo


A proposta deste texto é apresentar uma análise das concepções de nação e de nacionalidade em peças do teatro brasileiro no século XIX, em especial Quase Ministro, de Machado de Assis. Procura-se, em suma, evidenciar que o teatro machadiano cumpriu papel essencial para a representação/constituição da Nação, colocando em cena diferentes concepções sobre a própria nacionalidade, através das palavras, ambientações e representações dos tipos sociais que compunham a sociedade brasileira da época e que podem estar sendo reinscritas no atual contexto.

Palavras-chave


Machado de Assis; Teatro; Nação

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.19177/rcc.v6e1201123-30

R. crít. cult., Universidade do Sul de Santa Catarina, Santa Catarina, ISSN 1980-6493

Licença Creative Commons
Revista Crítica Cultural de http://www.portaldeperiodicos.unisul.br/index.php/Critica_Cultural/index está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.