Areia movediça, [Sala de escuta], Fundo do ar

Raquel Stolf

Resumo


Alguns extratos de três trabalhos artísticos por mim desenvolvidos: Areia movediça (texto-obra, publicado no Jornal de Borda n.1, 2015); Assonâncias de silêncios [sala de escuta] (instalação sonora, 2008-2010) e Fundo do ar [caderno-abismo] (instalação, 2013-2015). No processo desses trabalhos são investigadas relações entre processos de escrita e situações de leitura e escuta (ou “espécies de escutas”, modulações entre o sonoro e o acústico), em intersecções entre palavra e silêncio (em tentativas de proposições de vazio), pensando também suas imobilidades/passagens (ou suas passagens imóveis) e suas opacidades.

Palavras-chave


Processos de escrita; Situações de escuta; Silêncio; Ruído; Vazio

Texto completo:

PDF/A


DOI: http://dx.doi.org/10.19177/rcc.v11e22016225-239

R. crít. cult., Universidade do Sul de Santa Catarina, Santa Catarina, ISSN 1980-6493

Licença Creative Commons
Revista Crítica Cultural de http://www.portaldeperiodicos.unisul.br/index.php/Critica_Cultural/index está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.