O atlas de Godard: uma leitura epicicloidal

Luiza de Aguiar Borges, Marcos José Müller

Resumo


Esse trabalho propõe relacionar a montagem warburguiana realizada por Jean-Luc Godard em The old place com o conceito de epicicloide cunhado por Araripe Júnior para se referir ao movimento de transformação cultural: se, em Mnemosyne, Warburg descobre novos significados das imagens através de suas transposições e recombinações, pode-se pensar nesse método como a metodologia escolhida tanto por Godard para analisar a arte em seu documentário de 2000 quanto como argumento para Araripe Júnior afirmar sua crítica ao monroísmo.

Palavras-chave


Jean-Luc Godard; Araripe Júnior; Epicicloide; Montagem

Texto completo:

PDF/A


DOI: http://dx.doi.org/10.19177/rcc.v11e22016287-294

R. crít. cult., Universidade do Sul de Santa Catarina, Santa Catarina, ISSN 1980-6493

Licença Creative Commons
Revista Crítica Cultural de http://www.portaldeperiodicos.unisul.br/index.php/Critica_Cultural/index está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.