A poética da catástrofe na obra de Rosângela Rennó: entre real e imaginário

Gabriela Pereira de Freitas

Resumo


A partir de um diálogo com a autora Annie Le Brun a respeito do imaginário contemporâneo da catástrofe, procuramos compreender como sua espetacularização acaba por banalizar as imagens de catástrofes reais. Aí onde podemos imaginar que não exista contemplação, voltamos nosso olhar para o ínfimo; para o que há de poético na catástrofe e a aproxima do trágico Nietzschiano. Nesse sentido, encontramos na obra de Rosângela Rennó uma poética da catástrofe que procuramos observar na análise de algumas de suas obras.


Palavras-chave


Catástrofe; Trágico; Estética; Rosângela Rennó; Fotografia

Texto completo:

PDF/A


DOI: http://dx.doi.org/10.19177/rcc.v11e1201657-68

R. crít. cult., Universidade do Sul de Santa Catarina, Santa Catarina, ISSN 1980-6493

Licença Creative Commons
Revista Crítica Cultural de http://www.portaldeperiodicos.unisul.br/index.php/Critica_Cultural/index está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.