Reprodutibilidade técnica, arte e política

Marcos Soares

Resumo


Este ensaio pretende mapear alguns dos momentos-chave do diálogo entre o crítico alemão Walter Benjamin e o dramaturgo Bertolt Brecht a respeito do potencial do cinema como linguagem artística e os riscos que artistas interessados em seu desenvolvimento corriam com a ascensão do nazi-fascismo.

Palavras-chave


Benjamin; Brecht; Cinema; Reprodutibilidade; Fascismo

Texto completo:

PDF/A


DOI: http://dx.doi.org/10.19177/rcc.v9e12014131-136

R. crít. cult., Universidade do Sul de Santa Catarina, Santa Catarina, ISSN 1980-6493

Licença Creative Commons
Revista Crítica Cultural de http://www.portaldeperiodicos.unisul.br/index.php/Critica_Cultural/index está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.