Entre o Naturalismo e a Hermenêutica: uma abordagem conceitual e epistemológica da Naturologia

Letícia Lenzi

Resumo


Estabelecer os fundamentos conceituais e epistemológicos da Naturologia apresenta-se como um dos pontos mais importantes para que este campo de conhecimento seja popularmente reconhecido e estimulado dentro de nossa sociedade, cultura e política nacional. A Naturologia apenas poderá trilhar um caminho seguro e próspero se conseguir, de forma absoluta, provar sua validade, eficiência e valor ao lado dos campos de conhecimentos já estabelecidos. Neste artigo desenvolvo a tese de que a Naturologia, em sua atividade teórica e prática, como uma tecnologia em saúde, exige epistemologias distintas. Esta característica torna a Naturologia uma área peculiar e contemporânea dentro das tecnologias em saúde. Estas duas epistemologias reunirão de um lado a relação íntima e irredutível da Naturologia com a ciência, vale dizer, seu caráter tecnológico e não técnico e, por outro lado, no momento da interagência, sua prática exigirá uma abordagem de caráter interpretativo, pautada em outro ethos, já que reconhece os limites do método naturalista ao lidar com os fenômenos humanos.

Palavras-chave


Naturologia; Tecnologia em saúde; Epistemologia.

Texto completo:

PDF/A


DOI: http://dx.doi.org/10.19177/cntc.v6e10201797-109

Cad. naturol. terap. complem. Universidade do Sul de Santa Catarina, Santa Catarina, 2316-915X

Licença Creative Commons
O trabalho Cadernos de Naturologia e Terapias Complementares está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.
Baseado no trabalho disponível em http://www.portaldeperiodicos.unisul.br/index.php/CNTC.